Menu
ISO 9001
Serviços Administrativos
Limpeza e Conservação 2
Recepção e Portaria
Higienização Hospitalar
Jardinagem e Paisagismo
Limpeza e Conservação 2 - Médio
Higienização Hospitalar - Médio
Recepção e Portaria - Médio
Serviços Administrativos - Médio
Jardinagem e Paisagismo - Médio
ISO 9001 - Médio
ISO 9001 - Pequeno
Limpeza e Conservação 2 - Pequeno
Serviços Administrativos - Pequeno
Higienização Hospitalar - Pequeno
Recepção e Portaria - Pequeno
Jardinagem e Paisagismo - Pequeno

Notícias

Salvador - Geral
Adoção do ponto eletrônico
Se por um lado a nova legislação minimiza o problema de processos trabalhistas, por outro, cria entraves relacionados a aspectos técnicos e ambientais
Publicado no dia 18/11/2010 - 16h47
O controle eletrônico do ponto, nos últimos anos, vem servindo como uma forma eficiente, ágil e descomplicada para aferir a jornada dos empregados e para facilitar o traslado de dados para a elaboração da folha de pagamento, especialmente em relação à marcação das horas extras e das ausências ao trabalho.

A Portaria Nº 1.510, de 21 de agosto de 2009, disciplina o registro eletrônico de ponto e a utilização do Sistema de Registro Eletrônico de Ponto - SREP previsto no artigo 74, parágrafo 2º da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O Ministério do Trabalho acabou postergando para janeiro de 2011 o prazo final para sua adoção obrigatória, que seria em agosto deste ano. A situação é que, de fato, só estão obrigadas a usar o novo equipamento as empresas que já utilizavam o ponto eletrônico, independentemente do tamanho e da quantidade de trabalhadores que tenha. Apenas as empresas que usam este equipamento terão que se adaptar e, se não quiserem se adequar, poderão optar por usar ponto manual ou mecânico.A vantagem principal do ponto eletrônico é a facilidade na hora do fechamento das horas e lançamentos na folha de pagamento através da importação de dados.

O fato que levou a essa mudança é que a tecnologia anterior abriu a brecha para fraudes. Outro problema é que o fato acarreta altos custos e impactos ambientais, já que são impressos, em média, quatro tíquetes por dia, para comprovar a entrada e saída de cada funcionário, nos dois turnos da jornada de trabalho.
Fonte: WS Soluções Corporativa
Rua José Altino S. Rabelo, 10 - Pitangueiras, Lauro de Freitas - BA CEP: 42701-430
Fone: (71) 3503-1400 • ws@ws.com.br
2015 - 2020. WS Soluções Corporativa. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo | Agência Digital
Solicite um orçamento. É grátis e sem compromisso.